6 de set de 2012

Voltando a ser criança...

Você cresce, ganhando carrinhos de ferro, aprende a se apaixonar por automobilismo, e derrepente o roncar de um motor rasgando uma reta num autódromo desperta em você um desejo de velocidade incontrolavel. A paixão por velocidade e o amor por carros ganham um novo sentido quando conquistamos nosso primeiro carro, que, não necessariamente é um bólido de colecionador que facilmente vence os 300 Km/h mas sim um modelo popular que mal tem ar condicionado e motor 1.0, mas jamais esquecemos com o passar da vida essa paixão. Descobrimos então que o simples fato de poder chegar perto de um carro de corridas de verdade nos torna criança novamente, dos tempos que apenas brincavamos com carrinhos de ferro, e que em muitos casos ainda os temos na estante do quarto, estacionados como em um grande patio. Ai que vontade que dá de entrar no cockpit e fingir que esta pilotando...