22 de dez de 2016

...Enfim, 2016 está acabando...


Este ano foi como um desfile na Sapucaí de escolas de samba. No princípio, muita esperança, a galera entusiasmada, todos acreditando, "esse ano ser a melhor que os outros".
Pessoas sorrindo, estourando chanpagnes, os fogos explodem e começa o desfile, com posse de presidente reeleito, com dois carros alegóricos na avenida já temos um milhão de pessoas nas ruas protestando a favor e contra o governo, e nossa economia para no recuo, batendo um surdo em compasso de enterro, tum....tum...tum. Atentados terroristas na Europa, refugiados, guerra civil, e temos uma ala só de estrangeiros. A Lava a jato levantou tanta poeira que quase acabou com a nossa Petrobras, que aliás, devemos chamar ainda assim, ou PetroUSA. Escândalos, Construtoras que descontroem, a Ala dos delatores só não é maior que a ala dos Réus. Chegamos a metade do desfile, já com carros alegóricos quebrados, teve incêndio, enxurrada, LAMASSAL, a galera começa a desanimar. O diretor de Harmonia anuncia, temos mais componentes que avenida, o ano vai atrasar...
A economia continua parada, os empregos estão a perigo, empresas falindo, e a delação continua. É um festival de ele também levou um por fora, opa meu amigo tem direito, prende o Lula, troca de presidente, e o Lula nem era mais presidente, agora Temmer vamos temmer as novidades, e novas propostas Pec51/55/raioqueoparta, e a aposentadoria fica mais longe, mas não podemos esquecer da ala dos olímpicos. Um festival de dinheiro público desperdiçado para Inglês ver (ou seriam americanos???) Realizamos com sucesso olimpíadas sem falhas, com vaias, trans carioca pra lá, transoeste pra não sei onde, e nem sei se concluíram. Me traçaram uma tal de linha verde por todo Rio de Janeiro e desenharam no chão Rio2016. Cara!!! esse ano não acaba, e ainda tem um monte de alas pra entrar na avenida eu nem preciso de lembrar que é 2016... A propósito: Mobilidade urbana era a proposta de legado das olimpíadas e a justificativa de gastos, daí eu pergunto: Se a mobilidade urbana seria resolvida com meios de transporte modernos e novas soluções viárias, Pra que temos hoje uma avenida Brasil reduzida em duas pistas apenas para caminhões e carros e por que gastamos tanto dinheiro fazendo vias e viadutos exclusivos para os BRTs se as comitivas olímpicas apenas podiam usar(na barra) e o público só chegava das arenas de metro ou trem?
Balanço geral das olimpíadas: Não vimos o Governador nem o prefeito do Rio lá no maracanã, Temmer foi silenciado pela música da festa e por vaias, a TransBrasil ainda não está pronta e nem o VLT está completo. Sem falar na área do Cais da marinha que estava cercada sem acesso ao público depois das olimpíadas.
Mas o desfile continua, o ano também, e não queria acabar de jeito nenhum...
Já estamos com 80 minutos de desfile e tem carro alegórico emperrado na avenida. Um desastre acontece e deixa muita gente triste no pais e no mundo do futebol com a queda de uma aeronave sem combustível. Nossos Surdos continuam sua batida lenta e forte, a população está arrasada, as contas do Estado também, tem servidor sem salário, e ainda assim batendo no manifestante ali fora da alerj. Tivemos manifestações durante todo o desfile. Nosso governador foi preso!!!, o anterior também!!!, Gente o Estado estava sendo roubado por mais de 16 anos, não tem como não quebrar... Tivemos Eleições de prefeito, quase no apagar das luzes da avenida, quase não teve campanha, não tinha candidatos que me representassem. Será que vão prender o prefeito também??? Cara, esse ano não acaba, o preço das panelas aumentou tanto que ninguém mais toca panelas nas varandas.
Esse instrumento ficou de fora depois do último recuo da bateria. Já passamos uns 15 minutos do limite de 82, e perdemos muitos pontos nas avaliações dos jurados Americanos, mesmo dando de mão beijada o direito de exploração do nosso Pré-SAL.
......Enfim, 2016 está acabando. Os últimos componentes sem energias aos 15 do segundo tempo da prorrogação, vem se arrastando e se perguntando o que mais pode acontecer, a 9 dias do fechamento dos portões da Sapucaí, quem mais vai ser preso? Quem mais vai virar réu? quem mais será afastado do cargo? Nunca nesse pais tivemos tantas vezes as palavras Réu, Delação Premiada, Afastamento, propina e corrupção nas mídias. O natal será magrinho, e o réveillon silencioso, em luto por esta escola de samba que temmer por um rebaixamento no ano que vem..., mas a Quarta-feira de Cinzas é certa e o tempo não para, vamos em frente tentar fazer diferente.


Feliz 2017 a todos...